Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Risíveis Amores

Na suavidade do lençol ondulante
nosso calmo oceano, nosso instante,
sua mão desliza em meu corpo
a brisa que sopra de seu olhar penetrante.

envaidecida do prazer em seu semblante,
requebro de sol nas labaredas de seu gozo.

nossos gritos de palavras raras
chocam-se no ar rarefeito.
Seus ecos pairam sobre nosso leito.

Quatro braços e pernas entrelaçados e flutuantes
buscam olhos, narinas e bocas ignorantes de suas faces.
Somos dois? somos um? somos quem?
Após o desejo satisfeito?

Apaziguado sob o sono lento,
um breve gesto interrompe o momento

Busca  divisas visíveis de infantes,
oceanos de instantes alvos,
risíveis amores.




Rocio Novaes
Enviado por Rocio Novaes em 15/09/2005
Reeditado em 12/03/2010
Código do texto: T50594


Comentários

Sobre a autora
Rocio Novaes
Curitiba - Paraná - Brasil
203 textos (59677 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/08/20 13:43)
Rocio Novaes