Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Marítimos...

Aquele olhar em busca da estrela guia,
Dopa a essência noutra linha do tempo,
Para romper tratados e mitos e afins,
Furou o dedo com um grito na Lua,
Quantos raios que partem ao mesmo ponto,
Ruas às escuras, neblina brigada com a Lua,
Uma tonelada de imbecilidade buzinando,
A bunda quadrada, outras tantas varizes,
Devoradores inócuos tropeçando,
Uma matilha de luz no fio exposto,
Meias-mensagens duvidando da letra,
Outra música inacabada, talvez um jazz,
Você insiste, mas a Lua vai meio minguante,
Passalargo é apenas um personagem,
Moedas sensíveis aos devaneios, sirenes,
Cada aperto no coração, são lembranças,
Projetos inacabados, mais tentativas,
Desesperados a procura do não-serviço,
É, não e desculpas trafegam a deriva,
O guarda-chuva, o espaço e a temperança...
 
2015
Peixão
Enviado por Peixão em 15/04/2015
Código do texto: T5208430
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 59 anos
3231 textos (121655 leituras)
1 e-livros (245 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 21:44)
Peixão