Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ilhotas – dama da noite...

Em algum ponto, quase tão remoto,
Areia, calor, sem água, osso torto,
Cadê na nau estelar, outro Porto...
A solidão como companheira, sem rosto,
Um estranho em terra, norte morto,
Sobras de uma vida, sem reverso,
Alguma coisa reluz por aquele caminho,
Um desce, dois sobem, botão e aplicativo...

2015
Peixão
Enviado por Peixão em 17/04/2015
Código do texto: T5209991
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 59 anos
3231 textos (121642 leituras)
1 e-livros (245 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/11/19 23:37)
Peixão