Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOS DIÁRIOS NOTURNOS QUE LI

Nos diários noturnos que li
Escritos n’alma de olhos fechados
Caídos nas lágrimas
Nessas linhas tortas
Inconscientes, expostas , passeiam

Aparecem na letra da palma da mão
O nome que me faz sorrir
Mas quantas vezes eu chorei
Na prova de dor que suportei

Conheci o bem e o mal
Estavam no mesmo lugar
Foi vicio e foi redenção
Aflição e sacrifício
Abraço e separação

Foram muitas coisas, e muito.
Foram lutas, e ainda são
Perdas, pedras e solidão
Dei  tudo que eu tinha
O que prestava e o que não


Mas foi deus quem te mandou pra mim
Por vezes pensei que não
Calculei o que não tinha razão
E a soma não bateu no fim

Quisera conhecer tantos sentimentos
E tanto você, e você a mim.
Dói pensar no fim
Sem a crença de existir

Ando do seu lado, e você do meu.
O olhar por instantes, abro.
Só pra ler as nossas linhas
Nos diários que escrevi
Em minha alma
ANGELO RONCALLY
Enviado por ANGELO RONCALLY em 24/08/2015
Código do texto: T5357457
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANGELO RONCALLY
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil
46 textos (2738 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 06:09)