Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um menino, um sonho.

Eu quero registrar aqui a minha gratidão a todas as pessoas que curtiram e comentaram meus poemas, minha homenagem, não e muita coisa, já que e minha obrigação dizer aquilo que sinto em relação ao mundo lá fora tão cruel e desumano já engoli muitos sapos mas isso não e nada se comparados ao imenso carinho que recebi ao longo dos anos, obrigado amigo e parentes que tão bem me fazem! Um beijo no coração de todos...

Alguns versos deste poema são oriundo de outros poemas
que recuperei e hoje posto aqui...

Um menino, um sonho.

Aquele menino tinha um sonho, ir à escola.
Aprender a ler, e escrever poesias... Poesia não escreveu.
Estudar, jamais estudou o destino não lhe permitia
Que tivesse um professor, um caderno, ou mesmo um livro.
Apenas uma matricula, pelas escolas da rua onde vivia.
Ali ele estudou, e se formou, fez o que chamou de mestrado,
Seus professores, desconhecidos, seus colegas de aula,
Um velho dicionário, um toco de lápis, e restos de jornal,
Era tudo o que ele tinha a única chance que recebeu da vida
Escrever, ela não escrevia, apenas alguns esboços de letras
Que o tempo aprimorou, unindo-as transformou-as, em palavras.
Que juntas formaram frases, o que eram rabiscos,
Era um sonho que se realizava, enfim sua primeira poesia!

Volnei Rijo Braga
Pelotas: 21 / 06 / 2004
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 25/10/2015
Código do texto: T5426524
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
2317 textos (155502 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/07/21 01:14)
Volnei Rijo Braga