Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Inspiração

Busquei a palavra certa
aquela ao alcance da mão
Na ilusão de me ser poeta
Oh! mas que doce ilusão.

Esse punhal brilhante
corta-me a alma em palavras
que despejo sobre o papel
Esse corcel de asas
leva-me ao ceu de estrelas
onde me aceito ser feliz
Esse que me diz coisas lindas
toca-me as mais belas sonatas
mora escondido dentro de mim
Esse querubim, anjo avesso
excita-me quando a tarde finda
e o sol vacilante se recolhe
Esse que colhe o que planta
mostra-me que nada se sabe
e me faz viver para sempre.

Ah! essa grata contemplação
e o pensamento que se aprofunda
Ah! essa inata inspiração
e a poesia do momento me inunda.
Heldemarcio
Enviado por Heldemarcio em 28/09/2005
Código do texto: T54555


Comentários

Sobre o autor
Heldemarcio
Recife - Pernambuco - Brasil, 58 anos
48 textos (1670 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/20 23:36)
Heldemarcio