Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Despitáfio

Se amanhã eu morrer
e esses versos ficarem,
peço que fiquem assim,
que de chorar vocês parem!

Pensem que estou nessas linhas
rindo no meio das letras
indo do início ao final
só pra fazer piruetas.

Tudo que eu tanto gostei,
nisso é que ainda estou vivo,
saibam poder me encontrar
sempre mantendo o cultivo...

                       21/05/04
Bruno Philippsen
Enviado por Bruno Philippsen em 29/09/2005
Código do texto: T54899


Comentários

Sobre o autor
Bruno Philippsen
Passo Fundo - Rio Grande do Sul - Brasil, 35 anos
82 textos (5816 leituras)
2 áudios (68 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/10/20 01:32)
Bruno Philippsen