Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMO A LIMENTO

MINHA POESIA
É COMO ALIMENTO
NÃO QUE EU
PRECISE DELA PRA VIVER
TÃO POUCO PORQUE
ELA SACIA MEU DESEJO

ELA É MEU ALIMENTO
PORQUE ASSIM
COMO O ALIMENTO
ACABA EM BOSTA
SUJANDO UM PAPEL
QUE NINGUÉM MAIS USARÁ.
pedro carmo
Enviado por pedro carmo em 05/10/2005
Reeditado em 05/10/2005
Código do texto: T56832
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedro carmo
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 36 anos
172 textos (5255 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/18 01:14)
pedro carmo