Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA DECLAMADO AO SE ATIRAR DE UM PRÉDIO

PENA QUE PARA O HOMEM SENTIR

O PRAZER DE SER UMA AVE

SEJA PRECISO ELE CAIR

ATÉ QUE A CALÇADA SE LAVE

COM O SANGUE QUE...AAAAAAAAAAAAHH!!!!
pedro carmo
Enviado por pedro carmo em 07/10/2005
Código do texto: T57604

Comentários

Sobre o autor
pedro carmo
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 38 anos
172 textos (5285 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/20 02:20)
pedro carmo