Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Breve biografia de um homenzinho preso na garrafa

A moldura o tapava
Saiu no canto da foto borrada
Papai, doente, tremia com a máquina
 
Calou -se de vez chegando aos quinze
Ficou sem sal de matraca calada
Passou dos vinte e perdeu o jeito
Ficou quadrado
O cadarço apertado no tênis
Denunciava a falta de estilo
 
A juba e o papo esgasgado
Palhaço gago, fazia piada
Aquele ovo estralado, sua cara
E a sirene vermelha era espinha
 
Por puro fraquejo, casou-se sem posses
Achou dona bem feita
Virou pai, deixava a mulher tomar conta
Era um traço sua sombra
Desnutrido ficou
 
Desistiu do sofá
Da esposa e seu eterno tricô
Lucrou alto, descobriu que o avô
Foi dono de um quarteirão
Juntou tudo e fez um leilão
Deu dinheiro, mas gastou com mulher
 
Deu no pior
Meteu a cara em navalha
Fez força, liquidou dividendo
mas, falido,
dormiu em balcão de birosca
 
Acordou dissolvido na possa
Misturou-se ao sabor da cachaça
Virou vasilhame de pinga
E dá nome a caipirinha até hoje
Michell Niero
Enviado por Michell Niero em 01/08/2007
Código do texto: T588617

Comentários

Sobre o autor
Michell Niero
Osasco - São Paulo - Brasil, 35 anos
37 textos (3186 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/05/21 00:34)
Michell Niero