Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TUDO E NADA


Às vezes nada é tudo,
É pancada de esquerda,
Virada na esquina,
O olhar para o nada...

Às vezes o nada é tudo,
É o choro que sufocou,
A vida que passou,
A sangria desatada...

Às vezes o nada é tudo,
Mas podia ser ao contrário,
O tudo ser nada,
O fim da estrada...

Às vezes o nada é tudo,
A via de fato,
O fim do mundo,
O eu confuso...

Às vezes o nada é tudo,
O tudo que sou,
O nada que tu és,
A virada da maré...

Às vezes o nada é tudo,
A luz no fim do túnel,
O bolo que acabou,
A estrada que findou...

Acabou!


Sonia Murbach
Enviado por Sonia Murbach em 25/04/2017
Código do texto: T5981275
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Sonia Murbach
Promissão - São Paulo - Brasil, 57 anos
579 textos (16908 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/05/21 06:35)
Sonia Murbach