Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor antigo


    Então o meu amor buscou o teu
    Sem nenhum sinal de heroísmo
    Não havia a crença do contorcionismo
    Nem a embriaguês do fanatismo

    Curvei-me à quietude dos teus braços
    À ternura eterna da tua mão
    O sinal que reclama os beijos
    O arquejar sereno do teu coração

    De nós havia aquilo que um dia foi
    Da vida inquieta uma explosão
    O bom combate que era travado
    Nas arenas da paixão

    Bastaram-me as honrarias
    A reverência da ternura acumulada
    Um travo de adolescência no sorriso
    Da bem amada!.

Jose Balbino de Oliveira
Enviado por Jose Balbino de Oliveira em 23/08/2007
Código do texto: T620765

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jose Balbino de Oliveira
Vitória - Espírito Santo - Brasil
422 textos (181252 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 18:18)

Site do Escritor