Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Homem e seus Três pontos...

Um homem e seus três pontos...
Ansiando boas novas
De feitos que não são prontos
De vidas que não são trovas

Cantando interrogações
E nelas se fez romeiro
Preso em suas convicções
Luxo, o próprio cativeiro

Não bastou própria clausura
Nela formulou suas crenças
Pra fugir da vil luxúria
Vírus, tão comum, doença...

Leis que a crença precedeu
Sentido em ser e estar
Esquivando do servil
Direito de não pensar

Sem perder a dignidade
Nem a alheia usurpar
Quer leveza em sua verdade
Não quer tanto se cobrar

E sem ser inconsequente
Pra fazer não quer razão
Nunca fora paciente
No após a compreensão

Contemplou o horizonte
Mesmo estando de passagem
Como se findasse a fonte!
Deleitou-se com a paisagem

O fez por seguidas vezes
Dias se tornaram semanas
La se foram alguns meses
Até chegar o enfado... Raça humana...

Contrariando o próprio senso
Contemplar não lhe bastava
Ao adverso foi propenso
Guerra alguma lhe faltava

Foi pluma no entardecer
Vento não robou-lhe o brio
Incapaz de esquecer
Quer da paz o equilíbrio

Tem a vista do poente
Acentuação nos contos
Parcimônia a lei vigente
E é claro, os três pontos...

Samuka Souza
Samuka Souza
Enviado por Samuka Souza em 13/01/2018
Reeditado em 13/01/2018
Código do texto: T6225375
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Samuka Souza
Campinas - São Paulo - Brasil, 30 anos
53 textos (314 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/18 04:01)
Samuka Souza