Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SENTIMANIA

SENTIMANIA

Já sei sorver de leve a tua fala
banhar-me nos resquícios do teu cheiro
eu posso ver teu rosto em quase tudo
imaginar vertigens nos teus pêlos...

Sou coisa de acender quando te vejo.
Só quero te encontrar quando procuro.
Só penso em te ouvir quando me calo.
Te quero no início do futuro
enfrutecida árvore de beijos.

Altair de Oliveira – In: O Embebedário Diverso
Altair de Oliveira
Enviado por Altair de Oliveira em 26/08/2007
Código do texto: T624283
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Altair de Oliveira
Curitiba - Paraná - Brasil, 56 anos
6 textos (494 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 21:18)