Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMO DEMAIS

amo demais
esse amor sem fim
amo demais
a vida que se esgota
em mim
todos os dias
amo demais viver
e todas as vezes
que grito
é para falar do amor
que sinto
todas as vezes que
calo é pela falta do
amor que sinto
amo demais
esse amor a moda antiga
amor sem regras
louco
voraz
esse amor gigante
raro
e em extinção
amo demais
e mesmo que este amor
me sufoque
e mesmo que eu morra
amando
sempre e mesmo assim
vou querer
amar ainda mais...

EDUARDOS POETA
Enviado por EDUARDOS POETA em 29/08/2007
Reeditado em 29/08/2007
Código do texto: T628549

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EDUARDOS POETA
São Paulo - São Paulo - Brasil, 47 anos
30 textos (481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 13:03)
EDUARDOS POETA