Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mapas


Euna Britto de Oliveira
www.euna.com.br



Mapas nunca me fizeram sonhar.
Só o azul e as ilhas do mar...
Antes, fizeram-me lamentar:
Há tantas cidades no mundo,
Tantas comidas saborosas!...
Línguas várias para as mesmas idéias
De vida, amor e morte...
Mas tenho órbita,
Não posso me desgarrar,
Flanar entre chineses, afegãos...
Papear com os esquimós,
Gastar Francês em Lion...
Tenho órbita,
Não posso andar com angolanos
Pela ex-fazenda de Rosa,
Perseguida política
Que emigrou para o Brasil...
Nem me esbarrar em John(s)and Mary(s,
Na Inglaterra ou nos States...
Nem me despedir de umas pessoas com as expressões:
“Dosfidânia”
“Dofizênia”...

Tenho órbita,
Sei meu Hino Nacional de cor; o da França, também!
E o meu mar é portátil,
Só sal...
Estou aqui onde Deus me colocou,
Como colocou a cada um em seu lugar,
Em qualquer ilha
Em qualquer barco
Em qualquer mar
Na cidade antiga
Na cidade amiga...

Não sou holandesa,
Nem síria,
Nem javanesa...
Sou do Terceiro Mundo, sim,
Mas da parte mais promissora!
Funcionária pública, sim,
E até já fui professora.

Hoje, estou tratada de minha tristeza.
Eu brincava de poder
E de não perder...

Sim, Graças a Deus,
Tenho órbita!

-------------------------------------------------------------------
Nota:

Dosfidânia - Adeus, em Russo
Dofizênia - Adeus, em Polonês.

(Escritos conforme eu ouvi...)
Euna Britto de Oliveira
Enviado por Euna Britto de Oliveira em 31/08/2007
Código do texto: T632964
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Euna Britto de Oliveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
995 textos (35447 leituras)
6 áudios (365 audições)
12 e-livros (692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 06:46)
Euna Britto de Oliveira