Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sufoco

Às vezes nos aficionamos a entes e não entes, seres e não seres.
Afeto gera afeto, amor gera amor, carinho gera carinho.
E todos se conjuram e congeram. Feedback positivo fisiológico.

Mas nem sempre sustentamos esse amor. Surge patologia por excesso.
Interdependências exacerbadas.
Abraço é prisão de cabo de aço.
Não há jeito, é necessário espaço.
Subitamente, o amor fica escasso.
Ainda assim, é amor. Então nunca passo?

Como redistanciar sem machucar, ou deixar de fazê-lo sem se injuriar?
Talvez se trate de conversar sem dialogar.
Sintonizar pra saber respeitar.
Harmonizar.

Morpheust
Enviado por Morpheust em 12/07/2018
Reeditado em 12/07/2018
Código do texto: T6387816
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Morpheust
Bragança Paulista - São Paulo - Brasil, 19 anos
10 textos (136 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/18 02:32)