Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM SENTIDO

Nem sempre o que vemos
podemos sentir ou tocar
ou seja será tudo real...
ou simplesmente pura ilusão de ótica.

Nem sempre o que sentimos
podemos ver ou apalpa-los.
como tambem muitas das vezes
nãosão reais os sentimentos...
são apenas ilusões passageiras.

Bricadeiras que o nosso coração
leviano e sereno, se perde,
voando longe, num imenso céu azul
sem nenhuma explicação ou razão.

Qual tal é a vida, um jogo
jogo esse de interesses
que para se conseguir muitos usam quaisquer meios
sem importa-se quem ficou prara tráz
 o importante do jogo é ganhar.

Se eu cair, e daí, que importa?
Problema meu, eu que tenho que levantar-me,
difícilmente uma mão  se estenderá para ajudar
é bem mais fácil empurrarem.

Quando algo acontecer na sua vida
se for bom, agradeça, caso contrario
não se deixe abalar, levante-se, siga em frente
veja tudo é obra do acaso.

Caso dos acasos que a vida
em forma rudes nos prepara
ciladas, armações, feridas ardidas
doem mas, são fervencias de aguas passadas.

Sentimentos sem sentido,
amores sonhados e não vividos,
ilusões, aparições, sacrifícios
ossos do ofícios.

Linhas perdidas, palavras avoantes
na longa imensidão de uma folha
palavras sem sentidos, tentanto explicar
os loucos sentidos da vida.


geovanne soares de paiva
Enviado por geovanne soares de paiva em 06/09/2007
Código do texto: T641086
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
geovanne soares de paiva
Messias Targino - Rio Grande do Norte - Brasil, 51 anos
76 textos (1866 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 15:19)
geovanne soares de paiva