Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Continuando, apesar

Perto demais. E a proximidade
causa-me calafrios. Olhos que
buscam entre a poeira recente,
a folha que o vento carregou.
Seca, trincada e datada não
mais continha o motivo.
Apenas a memória residia
nas nervuras. Apenas as
penas daquilo que não foi.
Tátil o ar. E quente. Sua a
minha pele. Sorvo então,
uma a uma, as lágrimas
embaladas em solidão.
Longe demais. Cruel demais.
E finalizo gargalhando a vida.
Intacta. Pulsando sangue
em meu coração.
Dora Leal
Enviado por Dora Leal em 27/10/2005
Código do texto: T64274


Comentários

Sobre a autora
Dora Leal
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
510 textos (26711 leituras)
1 e-livros (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 31/10/20 06:57)
Dora Leal