Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O homem: Animal irracional IV

Afirmo fervorosamente que
O homem vive em função do prazer
Prazer e nutrição: essas são as palavras
O prazer de viver
Igual aos cavalos, pássaros...
A busca pelo prazer e nutrição
Acabou infelizmente levando o homem
A criar a religião, o pudor
A decapitação dos sentimentos
Pois o paradoxo com o título
Desta série de poesias, o homem possui a razão
Usa-a sem noção, usa-a em função do prazer e da nutrição
Do sangue, da dor, da vida, da vitória
Se o homem não podasse seus instintos animais
Talvez houvesse paz e equilibrio natural
Talvez!
Mas o homem tem a razão
Como a cobra tem o veneno
O homem só comete atos de barbárie infame
E sofre de problemas psicológicos
Porque possui razão
E com ela prega a decapitação de sentimentos
Sem esta privação o homem talvez
Não tivesse tais problemas
Viveríamos naturais, amantes irracionais
Tiago Rodrigues de Brito
Enviado por Tiago Rodrigues de Brito em 10/09/2007
Código do texto: T645785

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tiago Rodrigues de Brito
Umarizal - Rio Grande do Norte - Brasil, 30 anos
57 textos (3455 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 13:54)