Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A PROCURA

AQUI DENTRO
É A EXTENSÃO DO VAZIO
SEM COR.
POSSO SENTIR O TUM-TUM
DE UM ÓRGÃO VITAL
E OCO.
É UM NADA
DE COISAS QUE AINDA NÃO CHEGARAM A MIM.
O AMOR E O FAZER DO COLORIDO EXPLOSIVO,
TAMBÉM TODO O OPOSTO DISSO
- EM PLURAL. TARDAM.
TALVEZ UM SER MÁGICO TRAQUINA,
QUANDO EU NASCI, SENTENCIOU:
- MENINO, TU NÃO PERCEBERÁS O MUNDO. NÃO SERÁS, MENININHO, SUGADO POR FORÇA ALGUMA.
EM PARTE ENGANO.
AGORA SIM O ENTENDER
DOS MEUS PÉS QUE CORREM
NUMA VELOCIDADE DE LEOPARDO ALADO,
NÃO VISANDO ASSIM, A EXISTÊNCIA AO REDOR.
POIS É TANTO QUE EU ANSEIO.
AINDA NÃO APRENDI A SER HERÓI.
EU QUERIA AMAR... E SOFRER.
MAS EU QUERIA AMAR.
pedro amaro
Enviado por pedro amaro em 12/09/2007
Código do texto: T649026
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedro amaro
Barra do Piraí - Rio de Janeiro - Brasil, 31 anos
35 textos (1227 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 22:12)
pedro amaro