Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Versos Vermelhos

 
Quero hoje escrever versos de sangue
pois, dentro de mim há um mangue
represado de coágulos e gotas
que sufocam minha lucidez
Ah! Não entendem minha intrepidez?
Pois a quero nessas linhas rotas
 
Nessas vermelhas linhas que traço
há tanto tempo e que agora desfaço
rasgando as profundas entranhas
no clímax dessa minha vida nua.
E não será a morte, nem fase de lua;
apenas rubras rimas e suas manhas.
 
Ah! Imprimo-lhes todos os seus tons
de vermelho expostos nesses dons.
Esses que desagrilham meu pecado,
expondo-me a alma, o destino, a fera,
o ser poético que me impera
e tudo que tem de mais sagrado...
 
Hoje quero versos vermelhos. Sim, quero
Versos com passos de um clássico bolero 
emergindo explicito e rendido em Ravel;
sacrificando todos os meus desejos,
pulsando-me inteira em seus adejos
Sim, quero o vermelho pulsante e cruel.
 

 


A imagem sou eu e fiz a montagem  do gif no Bloggif e o efeito fundo preto no aplicativo de celular color Splash. Adorei o efeito cubo e adoro esses efeitos de fundo preto.

SOBRE RAVEL: veja no link

https://pt.wikipedia.org/wiki/Maurice_Ravel


Sonia de Fátima Machado Silva
Enviado por Sonia de Fátima Machado Silva em 27/11/2018
Reeditado em 27/11/2018
Código do texto: T6512999
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia de Fátima Machado Silva
Coromandel - Minas Gerais - Brasil, 55 anos
1210 textos (47837 leituras)
10 áudios (502 audições)
2 e-livros (114 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/06/19 09:48)
Sonia de Fátima Machado Silva

Site do Escritor