Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A VIDA COMO ELA É

VEJO-TE COMO UM PÊNDULO
NO ALTAR DA MINHA ALMA.
VEJO-TE COMO UM NAVEGADOR , A DERIVA,
ESQUECIDO E TRAGADO PELO O INFORTÚNIO.
DISTANTE VAIS TOMADO PELA TEMPESTADE,
ENGOLIDO PELA FÚRIA , PERPLEXO PELO
IMPASSE, DESSE TEU CORAÇÃO TRAIÇOEIRO.
PASSAM AS RUAS DA VIDA E O TEU LAMENTO
SURDO  TIRA-ME DA ROTINA.
FAÇO QUE NÃO VEJO , FAÇO QUE NÃO SINTO;
CORRO PARA OS CONTOS DE NELSON RODRIGUES
E DELETO TEU TEMA ROMANCISTA.
Ecila Yleus
Enviado por Ecila Yleus em 15/09/2007
Reeditado em 05/01/2008
Código do texto: T653627

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ecila Yleus). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ecila Yleus
Recife - Pernambuco - Brasil, 65 anos
328 textos (10463 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 04:48)
Ecila Yleus