Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto VIII

Encontrava-se aos prantos
Uma lâmina numa mão
Um pulso num balcão
Nada que nos causasse espanto.

Era fraca de mais para tal ato
Demasiadamente fraca
A ponto de não conseguir com u'a faca
Num instante consumar tal fato.

Cousa fácil é rasgar-lhe o pulso
Mas na hora tão bela, que é a da morte
Age de má fé consigo mesmo. Impulso.

Como pode haver tanta fraqueza
A ponto de com u'a lâmina, uma faca
Não conseguir enfiar-lhe no pulso à jorrar tristeza.
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 14/03/2005
Reeditado em 30/03/2005
Código do texto: T6605


Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
958 textos (33116 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/05/20 11:18)
Júnior Leal