Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Matei Joana Darc.

Não sou um solo da guitarra

Não sou um cão que sai a passear com o seu dono sob o sol de um domingo qualquer

Não sou o que querem ou o que pensam que eu seja

Não sou a luz das estrelas e nem a cor do luar

Não sou ovelha, pastor e nem o cantor que morreu de overdose numa anônima segunda feira de 1971

Não sou a dona de casa nos pegue e pague da vida

Nem o pobre diabo que caiu da construção e ainda por cima morreu na contramão... atrapalhando o trânsito

Não!

Não sou o cidadão que mostrou aquela igreja onde também trabalhou

Não sou leãozinho e nem bonzinho

Sigo meu caminho sem mijar nas estrelas

Caminho sem cantar e sem seguir canção

Caminho... apenas...

Só matei Joana Darc!
SAvok
Enviado por SAvok em 16/04/2019
Código do texto: T6624534
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
SAvok
São Paulo - São Paulo - Brasil, 42 anos
1329 textos (32551 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/04/19 12:07)
SAvok