Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS MENINAS DE TEUS OLHOS...

São um acalanto, teus olhos,
Verem paz em mim...
Coração que de tão pequeno, treme tanto,
Com o silêncio das calmarias,
Quanto, com o rufar das tormentas!
Coração que precisa com minúcias rastros de pólvora no caminho de raios,
E se angustia!
Talvez esta paz que veem as meninas de teus olhos,
Seja o saber do peso e do preço e do sabor
De minhas correntes!
E talvez...
O saber de mim mesmo, dê sentido á minha vida, e...
Liberte-me!
Mesmo assim, venha e me acompanhe,
Quero andar de novo, de mãos dadas contigo...
E ver-me novo, de novo, através de tuas lentes cristalinas!
- Será uma luz, a tua luz, penetrando mais uma vez,
A minha escuridão adentro, tornando-as mais e mais esmaecidas...
Vindas pelas frestas abertas em tua face de sempre menina,
Que sem o saber ou dar-se conta, divide a própria paz comigo!

Edvaldo Rosa
15/02/2019
www.sacpaixao.net
 
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 16/04/2019
Código do texto: T6624557
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
1782 textos (183396 leituras)
23 áudios (10764 audições)
36 e-livros (9975 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/04/19 11:39)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor