Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amargura

Se é porque sou profano
Por que sofro e amo
Se é Leal que me chamo,
Já me sinto nas alturas!

Se é porque vejo a beleza
Onde se costuma ver tristeza
Se ela agora me despreza,
Sim, eu choro à sepultura!

Se eu amo minha arte
Se de mim ela faz parte
E por ela meu coração se parte,
É que eu amo minha cultura!

Se eu não a amo agora
Se eu já quero ir embora
Se eu fui puro alguma hora,
Ela também já não é mais pura!

Se o amor é minha desgraça
Se amor e dor se entrelaça
Não há nada que se faça,
Para conter minha amargura!
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 14/03/2005
Reeditado em 15/03/2005
Código do texto: T6626


Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
958 textos (33182 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/08/20 03:05)
Júnior Leal