Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema Flor

A Carlos Drummond

Um poema nasceu
E com ele veio o mundo
Sombreado de inúmeros
Sentimentos, pensamentos

As palavras que escrevam
Florescem no meu mundo cinzento
Abstrai do shopping poesia
e deste começo
Lúdico de vida
Deixo claro
Ao adorável leitor
E que possa ao menos
Interessar-se por esta feia rosa
Meu prazer
Minha plenitude

Minha inscontante alma poética
Furando o asfalto
O tédio, o nojo e o ódio
Julex
Enviado por Julex em 23/09/2007
Código do texto: T664889
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Julex
São Paulo - São Paulo - Brasil, 27 anos
30 textos (1659 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 03:07)
Julex