Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUADRA DE ASES

QUADRA DE ASES
         

Recebo cartas.
Sobe a adrenalina.
Fico agitada, viro menina.
Ases. Um, dois, três, quatro.
E uma outra carta qualquer.
Que venham todos e me vença quem puder.

Segue a jogada.
Vai ser minha melhor cartada.
Aposto tudo que é possível.
Espero em silêncio o que virá.
Jogo melhor que o meu, certamente não terá.

De repente quase sem acreditar
Ouço alguém  minha aposta dobrar.
Pago. Pago pra ver  quem vai levar.
Cartas na mesa. Que vença o melhor!
Mostro meus  quatro ases.  Jogo invencível!
Mas, acontece algo incrível.

Descem vagarosamente à mesa
contrastando com o verde do pano
um nove, um dez, um valete,
uma dama e um rei.
Percebo imediatamente o dano.
Corações vermelhos como sangue
estão presentes em todos os cantos.
Contra essa seqüência de corações.
Nem com a ajuda de todos os santos.
Que vença o melhor!
Foi-se minha quadra de ases.
Nunca vi um jogo pior!
Eunice Cruz
Enviado por Eunice Cruz em 23/09/2007
Código do texto: T665006

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eunice Cruz
Presidente Prudente - São Paulo - Brasil, 64 anos
11 textos (313 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 14:11)
Eunice Cruz