Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Sufocada...
Ansiosa pelo toque do telefone
Sua voz do outro lado declarando: está tudo bem.
Pediria humildemente que volte pra casa...
O mundo é violento, ingrato e persegue
Ardente por consumi-lo para depois o abandoná-lo.
Corro atrás de você
Tentando vencer o mundo e lhe resgatar
Brigo com tudo e todos para protegê-lo.
Quero você feliz, mas sóbrio...
Para viver e não vegetar.
Você é meu tesouro.
A razão de minha luta.
E a minha própria vida.
Quando sai por aí num ato de rebeldia...
Fico fragmentada em miúdos pedaços.
E o meu pensamento fixa em você.
Oro...
Imploro a Deus para tomar conta de você.
Quando você chega...tão tarde...
Já morri de desespero.
Fico contente por vê-lo..
Não choro...não consigo...
Mas vou morrendo...
Um pouquinho a cada dia que me faz sofrer.
É tortura... muitas horas de espera.
Você me magoa e, me magoa muito.
Suas palavras doem na minha alma
Você acha que cresceu pra enfrentar o mundo...
Mas, a noite escura que parece uma criança.
É um dragão que quer atraí-lo e devorá-lo.
Te peço...
Não deixa seu lado insensível prevalecer nesta luta
entre o bem e o mal.
Se o mal superar e aparecer...
Você perderá a visão da vida e morrerá junto dele...
Você pode e deve lutar para que o bem prevaleça...
E junto dele sua vida...
Que é linda.
Que é linda e linda.

Te amo...te amo tanto e tanto...
Te amo com um amor quase de Deus.


Lenita
Enviado por Lenita em 24/09/2007
Reeditado em 05/05/2009
Código do texto: T666681
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lenita
São Paulo - São Paulo - Brasil, 58 anos
152 textos (12966 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 21:57)
Lenita