Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Estranha Primavera

Estranha Primavera

Nesta nebulosa paisagem,
eu, mais que vejo, sinto,
quando atravesso os campos de cimento
em busca de meu porto seguro,
a Primavera que se esconde
em grossas gotas de águas cristalinas.
As flores cabisbaixas pelo açoite
dos oblíquos ventos rastejantes envolvendo
em lama as pétalas disformes.
O tempo que corre lá fora está dentro de mim
corrói minha alma que se assemelha
a esta triste estação indefinida
do qual o sol envergonhado anda fugindo
deixando os braços envolvendo corpos gelados.
Fecho os olhos e me distancio desta paisagem estranha
que não combina com o tempo que o calendário marca.
e que busco afastar do meu outono.
Construo em meu sonho jardim de rosas
caminho sem espinhos em direção ao sol
por onde passam abelhas em arabescos
e as borboletas formam dossel brilhante
protegendo a caravana em festa
comemorando a estação das flores.
Mas nada adianta porque o frio corta
E entra por meus pés buscando a alma.
Não sei que tempo é este que reflete no coração,
que brinca assim com minhas emoções,
enchendo de tristezas os dias de outubro
que deveriam ser de festas e alegrias.
Venha Primavera, venha reinar soberana
neste tempo que por direito é seu.
Não deixe o inverno continuar reinando.
Impeça o verão de molhar meu rosto .
Expulse as sombras que toldam minha visão.
Seque as lágrimas que o tempo chora em mim
e deixe que eu dance com meus pés descalços
abrindo os braços, mostrando os ombros nus.
Como se eu fosse um espírito transcendendo a vida
Alem das estações, além da dor.
MOAM/ 24 de outubro de 2006
Maria Olimpia Alves de Melo
Enviado por Maria Olimpia Alves de Melo em 25/09/2007
Código do texto: T667234

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para http://marilim.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Olimpia Alves de Melo
Lavras - Minas Gerais - Brasil
1107 textos (325157 leituras)
1 e-livros (258 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 06:19)
Maria Olimpia Alves de Melo