Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Despenco

[para ouvir, copiar e colar o link em seu navegador]
http://geocities.yahoo.com.br/pessoal_quiteria/lobaoaqueda.wav


"...Resvalando em abismos um pôr do sol furioso
Que a sensação de perda ao ver exagera
É o desespero vermelho de um apocalipse luminoso
Ejaculado da velocidade terrível da queda..."
(Lobão)


Deito no ar sem medo do precipício
fico perdida em loas, canções e gozo
levo tudo e mais um pouco e volto ao início
onde o beijo começa no meio pantanoso
ando nua como as índias da Amazônia
vivo de brisa, corro mundo, sou inteira
me viro, reviro, reparto penas com a insônia
e alço o vôo das aves de cordilheira
pulo, despenco, fico leve e, atônita, plano
incivilizada num céu de anil festeiro
com asas puras espelhadas no oceano
da minha alma de despenhadeiro
me solto à vertigem desse fuso, confuso, parafuso
estou aberta à queda pairando ao tombo
ao sopro do vento norte, enluarada, me reconduzo
aos ocasos onde o grito eu ribombo
antes de fechar as asas e cair
vendo o chão se aproximar no retumbo do sismo
com as flores cada vez maiores a florir
exalando o seu perfume ao gozo do abismo.

http://versosprofanos.blogspot.com/
Maria Quitéria
Enviado por Maria Quitéria em 26/09/2007
Reeditado em 26/09/2007
Código do texto: T668737

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/mquiteria). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Quitéria
São Paulo - São Paulo - Brasil
1098 textos (345131 leituras)
1 áudios (2465 audições)
4 e-livros (3954 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 11:55)
Maria Quitéria