Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A NOITE NO SERTÃO

Quando a natureza adormece no sertão
Um silêncio toma conta do meu peito
Recordações encantadoras do passado
Vem de mansinho e me pega assim de jeito
Na suavidade de um momento tão divino
E no silêncio das noites do meu sertão
No frescor da brisa mansa e suave
Enche de paz a minha mente e o coração
A minha alma a saudade então invade
E se aproveita desse momento de paz
Para buscar lá no fundo do meu peito
Um amor que o coração não esquece jamais
É sempre assim minhas noites no sertão
Sou um caboclo um poeta sonhador
Sempre cantando para acalmar a minha paixão
E namorando a lua para lembrar do meu amor
E no ponteio da viola esse caboclo
Tira do peito a danada da tristeza
E vendo a lua sorridente lá no ceu
Nem a saudade vai roubar tanta beleza
E no ponteio da viola esse caboclo
Faz penetrar nos seios do sertão
A melodia que encanta um sonhador
A melodia que sai do seu coração
luispoeta
Enviado por luispoeta em 26/09/2007
Código do texto: T668843
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
luispoeta
Santa Barbara D'Oeste - São Paulo - Brasil, 54 anos
49 textos (9535 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 21:47)
luispoeta