Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Filhos da solidão


Solidão fera raivosa
Que endoida o coração
Faz ferver sangue nas veias
Faz chorar de compaixão

Solidão faz homem doido
Cria andantes tristonhos
Que vagam olhando a lua
Com olhos cheios de antanho

Esses andantes tristonhos
Que não são pagãos nem cristãos
São poetas submissos,
Servos da mãe Solidão
 



José Mattos
Enviado por José Mattos em 03/11/2005
Reeditado em 14/11/2005
Código do texto: T66969


Comentários

Sobre o autor
José Mattos
Santa Rita do Pardo - Mato Grosso do Sul - Brasil, 56 anos
54 textos (2920 leituras)
1 e-livros (48 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/11/20 13:54)
José Mattos