Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
*** Interações do meu outro eu, STENIUS PORTO. Sonya Azevedo – Lilian Vargas – Sonya Azevedo * (04/05) ***
 
 
* A MINHA POESIA (Décima em Cordel) - ABBAACCDDC *
 
 
Fico nu, mas, fico revestido de poesia
Na minha poesia tem sentido e nudez
A minha poesia tem muita luz e nitidez
A cada novo verso revelo uma fantasia
Que trilha e brilha com tanta teimosia
A minha poesia tem nuança e verdade
Que encantam cernes de qualquer idade
A minha poesia realça a fé dos amantes
A minha poesia ama os amores galantes
A minha poesia tem amor e simplicidade...
 
 
Dom Lorde - 07/05/19.

05/07/2019 22:39
Para o texto: A Nudez de um Poeta (T6640235)
De:
Sonya Azevedo 
   

 
 
*****************************************

 
* O POETA (Décima em Cordel) - ABBAACCDDC *
 
 
Quem ama o poeta, ama a sua poesia
O poeta se despe na sua falsa verdade
Busca na luz dos versos a sua felicidade
Na maioria das vezes acha a sua fantasia
Sabe que a cada novo verso, ele extasia
Na sua divina arte troca o dia pela noite
Aceita viver alegre, versando seu deleite
O poeta é poeta da sua própria inspiração
Vezes ou outra ele voa em sua imaginação
O poeta lapida o diamante, lapida o azeite...
 

Dom Lorde – 20/05/19
 
05/07/2019 23:45
Para o texto: SONETO DO DESALENTO (T5889325)
De:
Lilian Vargas

 

 
*****************************************

 
* DESEJEI FICAR (Décima em Cordel) - ABBAACCDDC *
 
 
Desejei ficar, mas ouvi o seu adeus
Tudo entre nós acabou, nada restou
Você já não me apetece, me afastou
Você inclusive se separou dos seus
Agora fico aqui caçando os meus eus
Errei muito, terminei escravo de mim
Chego mesmo a pressentir o meu fim
Você se quer não me deu seu perdão
Não teve pena me jogou no paredão
Tento me transformar, a vida, é assim...

 
Dom Lorde - 08/06/19.

 
06/07/2019 09:57
Para o texto: Soneto do Adeus (T6628768)
De:
Sonya Azevedo

 
 
 
*****************************************

 
 
      Essas décimas são criações feita pelo grande e genial, STENIUS PORTO, no período de 29/01 a 06/07/19, ler e comentar alguns textos podem sair algumas interações, a maioria das minhas interações vão parar nos rodapés das páginas, as quais eu fiz a interação.
     Para mim essa também é uma forma de homenagear esse poeta, se caso a sua não apareceu por aqui, não percam as esperanças, quem saber quando eu ler um texto seu, eu venha a me inspirar, oportunidades não iram de faltar, tenho certeza disso.  Dom Lorde.

 
 
 
José Aprígio da Silva.
“Lorde dos Acrósticos”
Stenius Porto.
“Dom Lorde”
Ceilândia/DF.
Terça-feira, 9 de julho de 2019 – 21:31

 
 
www.recantodasletras.com.br/autores/steniusporto
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 21/07/2019
Reeditado em 21/07/2019
Código do texto: T6701319
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 61 anos
1921 textos (183154 leituras)
1 áudios (52 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/04/21 00:45)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA