Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTRANHO AMOR

Eis que chega subitamente
um amor sem eira-nem-beira,
levantando poeira.

É um amor cheio de pressa,
exigente à beça...
quer entrar sem que eu lhe peça.

Força janelas, quer arrombar a porta,
esse amor aspa-torta
comigo não se importa.

Um amor desesperado
que se faz adiantado.
Amor perdido no próprio fado...

Fala-me coisas bonitas,
tantas  palavras catitas...
Soam, às vezes, esquisitas.

Quer do meu corpo a entrega
e meu coração renega.
Seu passado, sua alma, me nega.

De onde veio afinal
esse amor-vendaval,
um quase-animal?

Um amor bem diferente...
Um amor inconseqüente.
Assim como veio, parte de repente.

Que amor estranho é esse, gente?
linameirelles
Enviado por linameirelles em 29/09/2007
Reeditado em 29/09/2007
Código do texto: T673340

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Lina Meirelles http://linameirelles.zip.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
linameirelles
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
694 textos (13681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 22:52)
linameirelles