Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Heróis do Cotidiano

Há quem,
que no aconchego de tua morada,
com chamas aquece a lareira decorada.
Mantendo-as com a intensidade,
de quem resgarda o frio apenas a pele corada.

Há quem
na sombra de seus atos,
acredite na sua forma
com a perseverança
de quem mantém na alma
os sonhos de criança.

Há quem
na tempestade de seus medos,
feche as velas e segure o leme,
Usando da força
de quem almenja a bonança.

Há quem,
no horizonte de seus anceios,
veja o brilho intenso da liberdade.
Apreciando-a com a voracidade
de quem quer tocá-la.

Há quem,
na dança da vida
baile seus próprios passos,
com a astúcia,
de quem na acústica,
não permita canções de uma nota só.
Débora Castro
Enviado por Débora Castro em 01/10/2007
Código do texto: T676288
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Castro
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
114 textos (5644 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 08:26)
Débora Castro