Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Deixa-me entrar

Penetro na noite através da lua nova,
Desfaleço, inquieta, de tanto sonhar...
Insinuo-me nos teus lençois
E não te encontro!
Em cansaços íntimos,
Desilusões famintas,
Evaporaste o amor que me perlava a fronte;
O coração continuou gemendo
E os olhos chorando...
Em vão!...
Trago-te para o sono desfeito,
Colho-te os lábios
E assomo à porta da tua alma.
Deixa-me entrar! – murmuro junto a ti.
Abre-se uma fresta,
Esgueiro-me por ela...
E possuo-te num frenesim de condenada!
Roubo-te a saliva, o suor e o sémen...
Quando me preparo para te assimilar a alma
Já não sei de ti!...
 
goretidias
Enviado por goretidias em 02/10/2007
Código do texto: T676967
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
goretidias
Portugal, 59 anos
108 textos (5263 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 03:07)
goretidias