Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Semeadura


Os lábios prenhes gemem canções silenciosas
que pedem genuflexão e pranto sentido.
São essas as orações lastimosas
o ardente desejo do renovo da vida.
A terra murmura sons que só os poetas ouvem,
Chora sua alegria pelos campos e cidades;
fazendo brotar vida verde diariamente.

É dos calos das mãos generosas,
O carinho sincero de quem semeia.
Nos dedos sinceros a prece;
que norteia o sentido de cada frase.
Um acaricia aquela que o alimenta,
Outro bebe das letras que saciam a sede.

O mundo carece de amor ardente,
Que junto a ação correspondente;
Promove a vida em todo seu esplendor.
A violência mata a terra fértil,
A palavra insana promove a violência
No terreno humano visceral
E na terra que deixa de produzir.


Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 24/10/2019
Código do texto: T6778194
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
1083 textos (60447 leituras)
25 áudios (3289 audições)
1 e-livros (251 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/11/19 04:43)
Angélica Teresa Almstadter