Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema de Reinaldo Ferreira
No Arquivo de Pedro Valdoy

Quero um Cavalo de Várias Coisas

Quero um cavalo de várias cores,
Quero-o depressa, que vou partir.
Esperam-me prados com tantas flores,
Que só cavalos de várias cores
Podem servir. 

Quero uma sela feita de restos
Dalguma nuvem que ande no céu,
Quero-a evasiva - nimbos e cerros -
Sobre os valados, sobre os aterros,
Que o mundo é meu. 

Quero que as rédeas façam prodígios:
Voa, cavalo, galopa mais,
Trepa às camadas do céu sem fundo
Rumo àquele ponto, exterior ao mundo,
Para onde tendem as catedrais. 

Deixem que eu parta, agora, já,
Antes que murchem todas as flores.
Tenho a loucura, sei o caminho
Mas como posso partir sózinho
Sem um cavalo de várias cores? 

Reinaldo Ferreira
(Nos arquivos de Pedro Valdoy)

pedrovaldoy
Enviado por pedrovaldoy em 08/10/2007
Reeditado em 31/01/2010
Código do texto: T686308
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedrovaldoy
Portugal
592 textos (4881 leituras)
4 e-livros (58 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 18:21)
pedrovaldoy