Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Segunda poesia

Deixei muitas páginas em branco
Para aprender a ocupar os espaços.

Margem, parágrafo e rima.
Baixo, guitarra e bateria.
Luz, câmera, ação.
Copo, pirulito, perfume.
Gira, voa, corre.

Sempre há um remédio,
Sempre existe uma solução.
Só pára quem quer,
Pois sempre há uma canção.
Guiomar Baccin
Enviado por Guiomar Baccin em 10/10/2007
Reeditado em 30/10/2012
Código do texto: T688016
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Guiomar Baccin - www.cosmonautas.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Guiomar Baccin
Chapecó - Santa Catarina - Brasil, 30 anos
44 textos (1251 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 17:06)
Guiomar Baccin