Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quase em pranto

                       Versos feitos para alguém
                              ou por quem
                      se quis tanto e no entanto,
                      nos deixou quase em pranto.
                   
                      Versos expressos para seduzir
                            ou para só fingir,
                      que não disfarça a dor
                       nem chora por amor.
                   
                      Versos escritos prá fazer
                        ou desfazer os enganos,
                         que enganos trazem.
                                   
                    Versos inventados para esquecer
                        ou relembrar alguém,
                        que se quis sem querer.
                       
 

Abstração/Diulinda Garcia.
Publicado em 15/10/07
                         

                     


                     
                       

                         
Diulinda Garcia de Medeiros
Enviado por Diulinda Garcia de Medeiros em 15/10/2007
Reeditado em 01/05/2011
Código do texto: T695880
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Diulinda Garcia de Medeiros
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
267 textos (6939 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 17:48)
Diulinda Garcia de Medeiros

Site do Escritor