Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Indecifrável

Indecifrável
Sandra Ravanini


Mediando este grito que me falha,
mortificando este áspero negror
perguntando ao vitral do meu vetor:
por que os ledos me chamam mortalha?


Cruzo a multidão, clã inevitável,
em desdém protestando o violado;
soberbia do icor mortificado
seguindo o batismo indecifrável.
 

Acordando a noite que devora
contos e cadentes por desoras
 aclarando a mea culpa, culpo o orco.


Arranho o sonho mercando o corpo!
E sem mais então, sem mais destarte,
empunho a haste e choro ao sangrar-te...


28/09/2007
Sandra Ravanini
Enviado por Sandra Ravanini em 17/10/2007
Código do texto: T697918

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Sandra Ravanini / www.recantodasletras.com.br/autores/sandraravanini). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Ravanini
Campinas - São Paulo - Brasil, 53 anos
161 textos (7181 leituras)
21 áudios (627 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 12:55)
Sandra Ravanini