Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Morte

É sim, a morte, quem nos faz viver
É o cheiro da morte que me excita
É ela, tão bela, cheirosa e maldita
A maior traidora que pode haver!

É ela quem une laços desprezos
É ela quem ama, quem chora e vê
Que ela é única, e não há de haver
quem a engane. Não há mesmo!

É a morte quem tem o silêncio mais belo
Quem canta louvores mais silenciosos
Quem tem os planos mais misteriosos
Quem, no tribunal, comanda o martelo!

Só ela mantêm esperança de vida
Ela que, como eu, ama e é censurada
E se ela, com planos, acaba
É dor, é desgraça que ela alivia.

É sim, a morte, amiga da gente
É ela quem nos alivia, nos leva e nos salva
traz o descanso merecido à alma
Beleza, ternura, eternamente!
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 18/03/2005
Reeditado em 23/09/2008
Código do texto: T6986


Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
958 textos (33121 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/06/20 14:39)
Júnior Leal