Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UMA BREVE LEMBRANÇA SURGE

A brevidade da vida tem um encanto natural
Embasada no "mal irremediável" que muitos dizem,
Onde os Deuses ficam a invejar-nos,
Porque algo existe e, dentro em pouco, não mais,
E não sendo, se foi... Para a eternidade do jamais...

Com esses versos abro com um feixe de luz,
Iluminando toda a Barão de Itapetininga de S.Paulo,
Lá no fundo, vejo o Theatro Municipal, em gritos...
Gritos marianos das paulicéias desvairadas.

Drummond continua sentado no banco perto da praia fluminense,
Com seu corpo franzino, mas com a chave do reino das palavras.
No centro de Minas, cumprimento os mineiros literatos, contentes
E eternizados no bronze do centro belo-horizontino...

Na Florença de Dante a flor é viva e não importa a eternidade
Porque um segundo, a vida inteira e fora de lá, ai que saudades...
O grande TETO é a passagem daqui para o lado de lá
E pelos dedos de Deus e de Adão a nossa alma é como uma chave
Que abre os confins da eternidade e do vácuo...

Por que Shakespeare pensou na Verona, será que foi a sua beleza?
Ou a sacada de Giulieta é o amor maior que as estrelas?

Em universos paralelos vivemos,
Eles estão do outro lado da calçada,
Aqui continuam todos eles vivos,

Inclusive quando era criança eu tinha um cão
Malhado: uma parte Branca, outra marrom leve e em cima, um marrom forte,
Seu nome era Precioso e faz 14 anos que não o vejo
Mas vivo no coração está e pelas estrelas corre
Tentando pegar os feixes de luz que daqui faço para o céu!

A brevidade da vida tem um encanto sobrenatural...
Udo
Enviado por Udo em 18/10/2007
Reeditado em 18/10/2007
Código do texto: T699022

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poeta Marcelo Udo - http://recantodasletras.uol.com.br/autores/udo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Udo
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil
301 textos (19062 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 04:39)
Udo

Site do Escritor