Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Versos de um poema inacabado



 
 
 
"...Na grande cama silenciosa,
meus pensamentos
flutuam na escuridão...
Aconchegam-se,
igual feto
no ventre esquecido...
Tudo é vago, pesado e mudo...
Pressinto sons
de segredos de anjos...
Eles fluem de dentro de mim
transformando a noite
num mistério impassível,
chorando em notas largas,
desesperadas e românticas...
Os instantes faiscantes
e transparentes
vestem um ar fresco e úmido,
com gosto de madrugada
e cheiro de essência de água
que escorre pelos abismos da
minha imaginação..."
Sonia Pallone
Enviado por Sonia Pallone em 19/03/2005
Código do texto: T7052


Comentários

Sobre a autora
Sonia Pallone
Atibaia - São Paulo - Brasil, 70 anos
277 textos (21557 leituras)
2 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/21 02:50)
Sonia Pallone