Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Só se for de amor!

Estou andando pela calçada...
Já é madrugada
Eu vejo pessoas desiludidas
Há eu não vejo mais nada

Nada que me de prazer
Nada que me satisfaça
Nada que me faça esquecer
Que a vida perdeu a sua graça

A cor dos seus olhos azuis
Naquele amanhecer
Ainda é o que me seduz
É o que me resta para viver

Jamais devemos esperar
Que o sol brilhe la fora
Enquanto chove sem parar
O momento é agora!

O teatro deu lugar a TV
E a poesia continua esquecida
Muitos não têm para onde correr
Mas, sempre haverá uma saída

A vida esta perdendo o sentido
E a nossa imagem não tem mais valor
Muitos dizem que estou perdido
Só se for de amor!
Coto
Enviado por Coto em 22/10/2007
Reeditado em 23/10/2007
Código do texto: T705482
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Coto
Santos - São Paulo - Brasil
115 textos (5652 leituras)
2 áudios (267 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 22:04)
Coto