Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lágrimas de Poeta


 
Parece que nada mais se completa
Nesse fundo que fica cada vez mais falso;
Aqui onde cada lágrima é secreta,
Se para onde olho há um cadafalso.
 
Perdi-me pelos labirintos da emoção,
Na inundação de palavras e dores;
Nunca mais voltei a tona da razão
Sufocada em sonhos e disabores.
 
Como explicar então, quem sou
Se não há túneis ou saídas
E tudo ao meu redor desabou?
 
Onde guardar as páginas das tantas vidas,
Tanto anseio, se tudo desbotou
Nas esperas fartamente vividas?
 
Angélica Teresa Faiz Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Faiz Almstadter em 13/11/2005
Código do texto: T71149
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Faiz Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 66 anos
1119 textos (65536 leituras)
25 áudios (3317 audições)
1 e-livros (254 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/07/21 22:06)
Angélica Teresa  Faiz Almstadter