Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Envelhece cedo

Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências
Patrono: Marechal João Batista de Mattos
Acadêmico: Mauricio Antonio Veloso Duarte
Cadeira: 56

Envelhece cedo

Envelhece cedo quem não olha para o céu,
esquece da Constelação de Órion e alhures,
a moeda corrente da insensibilidade...

Envelhece cedo quem não vê transcendência,
estica sua pele como borracha gasta,
possui o terrível ar desses Adolf Hitlers...

Envelhece cedo quem não olha a si mesmo,
calculando o investir na bolsa em Nova Yorke,
apenas calcula e, por isso, só sobrevive...

Envelhece cedo quem não procura a fé,
detestando o Sermão da Montanha de Jesus,
criando uma casca grossa: esta ignorância...

Envelhece cedo e cedo morre, sendo zumbi,
a vagar sem rumo e sem élan vital maior,
esperando cedo a tal hora derradeira...

Mauricio Duarte (Divyam Anuragi)
Mauricio Duarte (Divyam Anuragi)
Enviado por Mauricio Duarte (Divyam Anuragi) em 21/11/2020
Código do texto: T7117447
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Mauricio Duarte (Divyam Anuragi)
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil, 45 anos
1351 textos (19222 leituras)
5 áudios (130 audições)
12 e-livros (880 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/11/20 14:04)
Mauricio Duarte (Divyam Anuragi)