Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lago Profundo

Abro os olhos
Levanto-me num rompante
Passos trêmulos, errantes...
Em tanta agonia pulsante!

Abro as janelas,
Vazia multidão de corpos
Delírios dispostos,
Em uma solidão ensandecida...
 
Lago profundo
Rosto imundo
Sonhos mortos
Por destinos opostos...
 
Abismos sem fundo
Submersos
no submundo...
Anamaria Moraes
Enviado por Anamaria Moraes em 29/10/2007
Código do texto: T714348

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anamaria Moraes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 34 anos
12 textos (286 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 17:41)
Anamaria Moraes